Videoaula sobre o avanços no desenvolvimento da vacina BNT162b2 para COVID-19

IPESC faz vídeoaula sobre imunologia.
Vacina BNT162b2 para COVID-19 avança no Brasil.

O Instituto de Pesquisa e Ensino Santa Cruz – IPESC convidou o Dr. Cristiano Zerbini, que lidera os testes da pesquisa que se encontra em fase final no Brasil, para apresentar essa videoaula

O Instituto de Pesquisa e Ensino Santa Cruz – IPESC realizou a videoaula com o convidado Dr. Cristiano Zerbini – reumatologista, coordenador de pesquisas e fundador – diretor do Centro Paulista de Investigação Clínica – CEPIC, que conta sobre os avanços no desenvolvimento dos testes da vacina BNT162b2 para COVID-19 em solo brasileiro, sob sua liderança, e em parceria com a empresa alemã BioNTech e a farmacêutica americana Pfizer.

Esta iniciativa está em linha com os objetivos do Instituto em promover, compartilhar e difundir a excelência do conhecimento nas áreas de Saúde e Cultura, que segundo o Dr. Koshiro Nishikuni – neurocirurgião e presidente do IPESC: “É uma grande satisfação trazer este assunto que hoje, é a maior esperança e sonho de todos.” Dr. Nishikuni também agradeceu ao Hospital Santa Cruz pelo suporte em tornar as atividades do Instituto uma realidade.

A área médica e de pesquisas corre contra o tempo para desenvolver vacinas de diversas naturezas biológicas. E, na videoaula, o Dr. Cristiano conta que, até dia 31 de Julho, os dados oficiais eram de que haviam 165 vacinas candidatas à regulamentação, 139 em fase pré-clínica, e outras 26 vacinas em fase clínica de desenvolvimento.

Dr. Zerbini também explicou que essa vacina na qual trabalha é da família dos ácidos nucleicos, especificamente o RNA, que codifica um antígeno específico do vírus SARS-CoV-2. O RNA é traduzido pelo organismo humano em proteínas que irão induzir uma resposta imunológica e após a destruição de todas as células infectadas, as células combatentes geram memória para produzir anticorpos que estimulam a imunidade celular, protegendo o organismo.

O teste da vacina BNT162b2 no Brasil, orientado pelo Dr. Cristiano Zerbini, já está na fase 3 – final, pois geralmente as vacinas possuem 3 fases de desenvolvimento, que avaliam a segurança, tolerabilidade, imunogenicidade e eficácia da mesma.

Otimista, Dra. Sandra Hiroko Watanabe – reumatologista, diretora financeira do Hospital Santa Cruz e Secretária do IPESC, exteriorizou suas considerações finais sobre a videoaula: “Uma experiência enriquecedora com dados epidemiológicos, virológicos e científicos, muito bem colocados pelo Dr. Cristiano, um dos pioneiros dos estudos clínicos no Brasil e sempre extremamente comprometido com a realização de seus trabalhos”.

De acordo com o Dr. Cristiano Zerbini, seu principal objetivo é: “Entregar uma vacina que dê imunidade igual ou maior à de quem já foi contaminado pela doença, e que também seja acessível à toda a população, e sobretudo, espera um futuro com melhores perspectivas e mais investimentos em pesquisa e ciência no Brasil.”

Assista à videoaula completa no canal do YouTube do HSC, na playlist do Instituto de Pesquisa e Ensino Santa Cruz – IPESC, clicando no link: https://youtu.be/KyL173Wx8_c

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário